segunda-feira, 15 de setembro de 2014

RESUMÃO FACILITADOR


   Olá "students bloggers", os movimentos cubista e futurista estão na postagem do dia 30 de outubro de 2012. Bom estudo!
    Em caso de dúvida, levante a mão ou envie sua pergunta pelos comentários da postagem.


DESENHAR É DAR VIDA AO IMAGINÁRIO, MAS É TAMBÉM TESTAR SEUS LIMITES TÉCNICOS.

Detalhes da figura humana, noções de perspectiva e realismo visual são elementos da evolução do desenho.
Parabéns, vocês têm muito talento!





















domingo, 24 de agosto de 2014

RESUMÃO MOTIVADOR


OLÁ PESSOAL! O MATERIAL PARA ESTUDO DO IMPRESSIONISMO, NEO IMPRESSIONISMO E EXPRESSIONISMO ESTÁ NAS POSTAGENS DOS DIAS 15 DE AGOSTO DE 2012 E SETEMBRO DE 2013. BEIJÃO!

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

DESENHAR,IMAGINAR, VIAJAR NO TEMPO.

DESENHO É SINÔNIMO DE CRIAÇÃO, USO DA IMAGINAÇÃO, APRIMORAMENTO DA COORDENAÇÃO MOTORA, DIÁLOGO ENTRE OS NEURÔNIOS, A MÃO E O LÁPIS.
AQUI, OS ALUNOS DOS SEXTOS ANOS VIAJARAM PELO PALEOLÍTICO, MESOLÍTICO E NEOLÍTICO!













GEN, GENOMA, GENÉTICO, GENEALÓGICO!

MAIS QUE UMA VIAGEM À ORIGEM DOS SOBRENOMES, A CONFECÇÃO DA ÁRVORE GENEALÓGICA ENVOLVEU AFETOS, LEMBRANÇAS E DESCOBERTAS DE QUEM SOMOS A PARTIR DE QUEM FOMOS. UMA LINDA HOMENAGEM AOS ANTEPASSADOS QUE OS ALUNOS DOS SÉTIMOS ANOS  FIZERAM AO PESQUISAR OS BRASÕES DA IDADE MÉDIA. LINDO !





Desde a Idade Média e até ao século XVIII, em algumas zonas rurais portuguesas as pessoas eram conhecidas pelo nome próprio, ao qual era acrescentado o PATRONÍMICO, para os rapazes, e o MATRONÍMICO, para as MOÇAS. Em casos mais raros, podiam os rapazes serem conhecidos pelo matronímico, por exemplo, se não tivessem pai, ou as moças pelo patronímico, no caso, por exemplo, de o pai ser de uma família mais distinta do que a da mãe. A partir do fim da Idade Média, numa lenta transição das urbes para o campo, e do litoral para o interior, os patronímicos tendem a fixar-se, transmitindo-se sempre o mesmo, já como sobrenome de uma dada família que  usa em comum.